Hoje é quarta. Mais um dia. E o que temos? Mais um dia sem lágrimas. Isolados de sentimentos, isolados de alguns amores, isolados da alegria, mas também da tristeza.

Aqui não cai mais lágrimas. Só se tem sentimentos sem águas. Cada dia uma espera. Cada dia um querer fazer e acabar fazendo outras coisas. Sem um pingo para ser feliz. Sem um pingo para chorar.

Água, que é a essência da vida e que águas passarão. Aqui não passa água! Já falei!! Aqui tá seco. Seca que racha e tritura, seca que não nasce vida.

Eu acho que todos os encontros têm água. Cada abraço deve ter aproximadamente 70% de água, cada beijo deve ter 90% de água. Cada olhar 100%, inundando o mundo, inundando cada ser.  É, acho que o olhar de perto e mais ainda, descobri, que o olhar distante tem muita água. Como esse olhar é importante. Ahhhhhh.....! O olhar do afeto, o olhar do carinho e também o olhar da repreensão e da atenção. Trocar olhares é uma coisa íntima. Íntima e molhada. Com certeza.

Mas aqui não tem água.

CARLA CHAIM
SÃO PAULO, 2020 CA.
︎︎